Arquitetura de interiores: Dicas para planejar ambientes completos

Se você quer decorar a sua casa de forma a espelhar sua personalidade, então a arquitetura de interiores é a sua melhor aliada nessa hora. 

 

O que é a arquitetura de interiores?

A arquitetura de interiores é uma vertente da arquitetura, que desenvolve projetos relacionados com criar um ambiente interior. Ela traz uma visão transversal entre a estética, o bem-estar e a funcionalidade associada a um determinado ambiente. Um arquiteto de interiores preocupa-se, não só com os objetos que irão compor uma decoração, mas também com outros elementos, como revestimentos e questões ergonômicas do espaço. É por isso um excelente ponto de partida para quem pretende dar uma renovada em um cômodo ou na casa toda.

Além disso, os designers de interiores têm outra preocupação. Eles querem que o ambiente reflita fielmente o dono da casa, que funcione como espelho da sua personalidade. Então, os projetos de interiores são realmente indispensáveis se você procura algo que seja a sua cara.

arquitetura de interiores

Kettal. Disponível exclusivamente na Collectania

 

Como planejar um ambiente completo

Sabe aquelas fotos lindas que você guarda em seu pinterest, como inspiração para a casa dos seus sonhos? Essa é uma ótima forma de começar planejando a decoração de seu ambiente. Folheie revistas de decoração, arquitetura e design para se inspirar. Apresente essas ideias para seu arquiteto, para que ele fique a par das suas expectativas e possa geri-las de acordo com aquilo que é possível colocar em prática.

Porque quando você for colocar alguma dessas ideias em prática, você deve levar em consideração o aspecto funcional também, e não apenas o visual. Isso significa que nem sempre aquele ambiente branco total é o que funciona melhor em sua casa. Ou que aquela parede em mármore encaixaria bem na sua sala, seja por uma questão de isolamento acústico ou térmico, ou outras questões relacionadas com o conforto do ambiente. Os escritórios de arquitetura de interiores trabalham exatamente esse tipo de situações, sempre buscando o equilíbrio entre a estética e o conforto.

Seu designer e decorador irá ter o cuidado de prever por onde passará a eletricidade, onde ficarão as tomadas e os ares condicionados por exemplo. Irá escolher os revestimentos que melhor se adequem e que conferem o conforto térmico e acústico pretendido pelo cliente. Levará em consideração os sistemas hidráulicos também, enfim tudo aquilo que faz parte do interior de um cômodo. E a decoração virá por último, onde você poderá escolher os móveis, os têxteis e a paleta de cores. 

 

Escolhendo os revestimentos

Pense em um cômodo vazio, sem revestimentos, sem nada. Esse é o seu ponto de partida. Daí você precisa decidir como será o chão, as paredes e o teto. É importante que nesse momento você já tenha uma ideia do estilo da decoração.

arquitetura de interiores

Kettal. Disponível exclusivamente na Collectania

 

Estilo industrial

O estilo industrial está super na moda, pelo que se vê cada vez mais espaços revestidos do chão ao teto em cimento queimado e com canalização à vista. O cimento queimado é uma ótima opção de revestimento, além de ser super prático e bonito. As manchas cinzas naturais do cimento conferem um acabamento super minimalista e clean.

 

Estilo rústico

Outro estilo que tem ganho cada vez mais fãs é o rústico. Se for esse o seu caso, então pondere usar bastante madeira. Você pode optar por colocar um painel de carvalho, nogueira ou pinho revestindo a parede de sua sala de estar. Isso vai conferir um toque quente e aconchegante ao ambiente. O chão também é muito importante, nós adoramos pavimentos de parquet pois eles sempre têm formas geométricas bonitas que dão um toque requintado.

 

Estilo escandinavo

O estilo escandinavo, ou nórdico, é uma excelente opção para quem gosta de espaços com decoração clean. Ele assenta nas premissas da simplicidade, da funcionalidade e do minimalismo, pelo que nada é deixado ao acaso. Os revestimentos para esse tipo de decoração passam por paredes brancas ou pintadas de alguma cor neutra. Também podem ter azulejos, sempre seguindo uma linha minimalista apesar de poderem ter padrões. Desde que as cores combinem entre si, é claro.

arquitetura de interiores

Kettal.

 

Escolhendo a paleta de cores

Definido o estilo que você pretende adotar para seu cômodo, está na hora de definir a paleta de cores. Ela vai ser transversal a todos os elementos que fazem parte da decoração, desde os revestimentos aos móveis e têxteis. Então ela é muito extremamente importante. Você pode até achar linda uma parede amarela, mas se ela estiver fora do contexto pode acabar por se tornar cansativa ou demasiado estridente. Ela até poderá funcionar em uma decoração moderna, mas isso precisa ser pré-definido, para que todos os outros elementos entrem em harmonia com ela.

Então se você optou por algo mais minimalista, provavelmente não irá querer sair das cores neutras como o preto, o branco ou o bege. No máximo um gelo ou madeira. Escolha três cores no máximo e mantenha-se fiel a elas.

Aliás, essa regra é ótima para qualquer tipo de decoração, ainda que seja uma decoração mais colorida. Porque você poderá ter as três cores de base e depois adicionar objetos mais coloridos ou variar no tom deles, dentro daquelas mesmas cores.

arquitetura de interiores

Auping. Disponível exclusivamente na Collectania

 

Escolhendo os móveis

A escolha dos móveis é a fase que a maioria das pessoas prefere e se diverte fazendo. Duas coisas importantes a ter em conta é o tamanho do cômodo e qual o lugar do móvel. Tente visualizar sua sala com aquele sofá maravilhoso dos seus sonhos. Ele cabe? Sobra espaço para você e sua família se movimentarem na sala? Uma vez mais, relembramos que um dos pilares da arquitetura de interiores é a funcionalidade. Ou seja a peça até pode ser linda, mas se ela não se encaixa no contexto, não faz sentido considerar para esse projeto.

 

Escolhendo os têxteis

Os têxteis são fundamentais para um projeto de arquitetura de interiores. Desde os tapetes, às almofadas, ao tecido das cadeiras e do sofá, tudo isso contribui para um ambiente mais confortável. E lembre-se de se manter fiel à paleta de cores e ao estilo por você escolhido!

Você pode se divertir com a escolha dos têxteis, desde as cores, às estampas, às texturas… tudo isso fará a diferença no resultado final e nós não gostamos de deixar nada ao acaso.

 

E você? Já se inspirou para seu próximo projeto de arquitetura de interiores?

 

 

Onde encontrar as roupas de cama Auping no Brasil:

COLLECTANIA | AUPING – Al. Gabriel Monteiro da Silva, 1456. Jardins – São Paulo

COLLECTANIA | RIO – CasaShopping Bloco E Sala 401. Barra da Tijuca – RJ

 

 

Quer saber mais sobre a Auping?

 

Preencha o formulário abaixo para saber mais:

 

[contact-form-7 404 "Not Found"]

 

Leia Mais no Blog da Collectania :

Decoração clean – 15 referências que adoramos

Como decorar um quarto de maneira elegante e sofisticada